Ceará pagará metade do salário mínimo para incentivar contratações na retomada econômica

Ceará pagará metade do salário mínimo para incentivar contratações na retomada econômica


Como parte dos incentivos implementados para a retomada do desenvolvimento econômico no Estado, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou medida que prevê pagamento de metade do salário mínimo de 20 mil novos profissionais a serem contratados por empresas do Estado. A novidade contemplará setores de comércio e serviços.

A informação foi divulgada em live realizada nesta terça-feira, 13. De acordo com Camilo, a lei com o projeto será enviada para a Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE), no máximo até quarta-feira, 14. A expectativa é que a matéria seja votada em regime de urgência ainda na quinta-feira, 15, antes do recesso. 

A lei vai determinar um regramento para a política criada pelo Governo. Haverá um teto para o número de pessoas contratadas, por exemplo. A medida não valerá para quem demite primeiro antes de contratar novos funcionários.

"O que eu puder fazer não só pra atrair empresas para o Ceará, mas para criar políticas que possam estimular e incentivar crédito e empregos para os cearenses, nós vamos fazer", salientou o governador. "Peço aos parlamentares uma votação em regime de urgência para aprovação de mais essa lei que vai beneficiar 20 mil cearenses", completou.

O POVO Online