Demissão de Cleidir Lima e fala de Ari Loureiro apontam clima tenso nos bastidores da Prefeitura de Santa Quitéria

Demissão de Cleidir Lima e fala de Ari Loureiro apontam clima tenso nos bastidores da Prefeitura de Santa Quitéria


Episódios envolvendo membros do primeiro escalão da Prefeitura Municipal de Santa Quitéria, nos últimos três dias, tem evidenciado um clima tenso pelos corredores do Paço Municipal.

No sábado (10), Ari Loureiro, secretário de segurança, usou suas redes sociais para disparar contra um outro colega secretário - que não teve o nome revelado. Este estaria se utilizando do cargo para "desagregar, semear discórdia e de forma sorrateira, desidratar seus pares, talvez pq não tenha o que mostrar para a população, nem tampouco para administração", segundo Ari.

"O verdadeiro aliado, na ocasião, EU, estou aqui pronto para defender e lutar pelo projeto que acredito", complementou, indicando que não tem qualquer prendimento ao cargo, haja vista que ele é policial militar concursado. Frise-se que Ari é o companheiro da vice-prefeita Lígia Protásio.

Já ontem (12), deixou a administração Braguinha, o até então aliado forte do prefeito e um dos principais responsáveis pela campanha no ano passado: Cleidir Lima. Desde janeiro a frente do Setor de Arrecadação e Tributos, a sua portaria de demissão foi publicada no Diário Oficial do Município.

"Infelizmente por falta de concordância de alguns posicionamentos de gestão e político, achei por bem não mais participar da mesma", confirmou Cleidir via mensagem. Em substituição a ele, assume Anderson Lima, que ocupava a diretoria do IPESQ e por sua vez, a nova diretora será Kelvia Melo.

Até o momento, o prefeito não se pronunciou sobre os assuntos.