Irmãs gêmeas são executadas com tiros na cabeça no Ceará; suspeito é capturado

Irmãs gêmeas são executadas com tiros na cabeça no Ceará; suspeito é capturado


Imagens que circulam nas redes sociais nesta quarta-feira (14), mostram o momento em que duas irmãs gêmeas, identificadas como Amanda e Amália, de 18 anos, são mortas com tiros na cabeça. O caso aconteceu em Pacajus, no Ceará.

De acordo com informações, as irmãs andavam e se relacionavam com traficantes, e podem ter sido mortas em uma queima de arquivo. No vídeo, feito pelos assassinos, as gêmeas aparecem de joelhos em uma estrada deserta e cada uma leva 4 tiros na cabeça. Amanda tinha uma filha de três anos e Amália um filho de seis meses.

Adolescente suspeito de executar as irmãs é capturado
Um adolescente de 17 anos suspeito de executar as duas irmãs foi capturado na tarde desta quarta-feira, 14, em Pacajus, a 56 km de Fortaleza. Oficializada menos de 16 horas depois do crime, a captura envolveu equipes da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) e da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Segundo as apurações, o adolescente é o mesmo que aparece em vídeo atirando contra as duas irmãs. A roupa do infrator usada durante o crime foi apreendida. 

Polêmica Paraíba