Menino de 2 anos desaparece e é encontrado após 4 horas graças ao cachorro de estimação da família

Menino de 2 anos desaparece e é encontrado após 4 horas graças ao cachorro de estimação da família


Uma criança de 2 anos foi encontrada por guardas municipais de Campinas (SP) após ficar desaparecida por quatro horas. O resgate foi possível graças ao cachorro de estimação da família, que o acompanhou durante todo o percurso. O menino foi localizado a cerca de três quilômetros de casa (leia os detalhes mais abaixo). O caso aconteceu na noite de segunda-feira (19).

Sumiço
A trabalhadora rural Alessandra Dranka, mãe do menino, disse que estava lavando roupas quando o filho saiu de casa. Desesperada, ela começou a procurar o filho, mas não o encontrou. Foi então que pediu ajuda. "Foi muito rápido o sumiço dele. Foram cinco minutos e já não encontrei mais. Estava lavando roupa na lavanderia e ele gosta muito de caminhão. Passou o que trabalha lá no sítio e eu acho que ele foi atrás", disse. A Guarda Municipal foi acionada por volta de 18h30. A informação era de que o garoto tinha sumido no meio de uma plantação. Dez viaturas iniciaram as buscas pela criança durante a noite fria.

Cachorro salvador
Ele foi encontrado após cerca de quatro horas de buscas ao lado de uma mureta de proteção do Anel Viário Magalhães Teixeira (SP-083), ainda em Campinas. O menino teria atravessado um túnel de 50 metros sob a rodovia para chegar ao local.

Os guardas contaram que ouviram o latido de um cachorro e seguiram o som no silêncio da noite. "Fizemos o patrulhamento naquela área e o cachorro começou a latir para a viatura. Nós tínhamos a informação de que ela estava acompanhada do seu animal, então chamou a atenção da equipe". "Nos deslocamos até o sentido do latido e aí sim obtivemos o êxito de localizar a criança", disse o guarda municipal Ataíde Barbosa.

A equipe dos guardas Barbosa e Cacique resgatou o menino que foi encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde reencontrou a mãe. O menino passa bem. "Aliviada com certeza'. Primeira vez passando um susto grande desse. Fiquei muito grata com todos eles, por terem ajudado e por terem vindo tão rápido", disse Alessandra.

O agente Barbosa disse que a criança não estava assustada quando foi encontrada. "A criança estava bem tranquila, acreditamos que ela estava brincando de se esconder da família". "Por algum motivo ela não responde ao chamado, então acredito que ela estaria brincando de esconde-esconde", afirmou o guarda.

Em nota, a prefeitura informou nesta terça (20) que o menino ficou em observação durante toda a noite e teve alta ainda de manhã. "É uma criança saudável, sem sinais de maus tratos. Por medidas de segurança, o Conselho Tutelar foi acionado e, de acordo com protocolo, a assistente social da UPA fará uma visita domiciliar à família amanhã". A administração municipal ressaltou que esses dois procedimentos são de praxe.

Portal G1