Ministro do STF rejeita pedido de liberdade de DJ Ivis

Ministro do STF rejeita pedido de liberdade de DJ Ivis


Na última quinta-feira, (29), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), indeferiu um pedido de liberdade de Iverson de Souza Araújo, o DJ Ivis, preso por cometer agressões contra sua ex-mulher, a arquiteta Pamella Holanda.

Um pedido de habeas corpus havia sido impetrado no STF por um advogado que não faz parte da defesa constituída legalmente pelo cantor, ou seja, não fazia parte do corpo de advogados que defendem Ivis.

Na decisão, Gilmar destacou que o autor do pedido de habeas corpus não apresentou documento comprovando que a solicitação foi autorizada pelo artista.

“Em suma, concluo que se trata de habeas corpus ajuizado em evidente supressão de instância, não autorizado pelo paciente [DJ Ivis] e destituído dos elementos mínimos que permitam sequer saber se os fundamentos do decreto prisional indicados na petição inicial coincidem com as informações constantes do processo”, disse o ministro.

Repórter Ceará