Motoqueiro é autuado em Irauçuba por transportar 100 aves silvestres abatidas

Motoqueiro é autuado em Irauçuba por transportar 100 aves silvestres abatidas


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu nesta semana, na BR 222, em Irauçuba, cerca de 100 aves silvestres abatidas que estavam sendo transportadas por um motoqueiro. Os animais foram encontrados em embalagens e, segundo informações divulgadas pelo órgão nesta quarta-feira, 7, seriam vendidos. O homem que fazia o transporte foi autuado por crime ambiental.

Os agentes realizavam um patrulhamento na área quando solicitaram que o condutor de uma moto de modelo Sundown/Hunter 100, de cor preta, parasse o veículo. Durante a abordagem, cerca de 100 aves da espécie Zenaida auriculata, conhecida como Avoante, foram encontradas embaladas. 

O autor teria afirmado que as aves estavam abatidas e "tratadas para venda". Segundo a Constituição brasileira, "matar, caçar ou perseguir" espécies da fauna silvestre sem autorização ou licença de órgãos responsáveis é crime ambiental. Quem realizar essas ações pode cumprir detenção de seis meses a um ano.

Todas as aves foram encaminhadas a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e o veículo foi recolhido ao pátio da PRF, por ser constatado que estava com documentação irregular. Já o homem que conduzia a moto e realizava o transporte das aves foi autuado por crime ambiental. 

Canais de denúncia
No Ceará, crimes contra animais silvestres podem ser denunciados por meio de dois canais de atendimento disponibilizados pela Semace: um e-mail, aberto para contato diariamente, e um telefone, cujo atendimento pode ser realizado de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

E-mail: atendimento.fauna@semace.ce.gov.br
Telefone: 0800 27522 33

O Povo