Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada

Nego do Borel é indiciado por violência doméstica contra ex-namorada


O cantor Nego do Borel foi indiciado pela Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, pelo crime de lesão corporal no âmbito da violência doméstica praticado contra uma de suas ex-namoradas. Segundo nota da Polícia Civil, o cantor foi indiciado pelo crime de lesão corporal na forma da Lei Maria da Penha.

As acusações são de uma ex-namorada que trabalhou com Nego em 2013, no início de sua carreira, como assessora de imprensa. Segundo informações do jornal Extra, as investigações mostraram que a jovem sofreu diversas violências do artista, que teria apresentado com ela o mesmo comportamento que teve com outra mulher, Duda Reis.

Na ocasião, a atriz narrou episódios de abuso e de agressões e acusou o rapaz de estupro de vulnerável, ameaça, injúria e lesão corporal. Duda também alegou que contraiu HPV (infecção transmitida através do ato sexual), em decorrência de relações extra-conjugais mantidas pelo cantor durante o período em que estavam juntos. Ela registrou uma ocorrência contra ele na Delegacia da Mulher de São Paulo pelos crimes.

Dias depois, a ex-namorada também usou as redes sociais para compartilhar relatos de ter sido vítima de episódios de violência provocados por Borel.

A assessora contou que ele deu um soco em sua costela em uma boate e ainda houve uma tentativa de enforcamento com um carregador de celular, à época em que namoravam. Segundo o portal G1, a defesa de Nego do Borel afirmou que só irá se manifestar quando tiver acesso ao inquérito.

O Povo