Santa Quitéria não apresenta plano de volta às aulas presenciais ao Ministério Público; previsão de retorno é para o segundo semestre

Santa Quitéria não apresenta plano de volta às aulas presenciais ao Ministério Público; previsão de retorno é para o segundo semestre


Santa Quitéria não está presente na lista das 175 cidades que enviaram ao Ministério Público Estadual (MPCE) seus planos de retorno às aulas presenciais. A solicitação do documento foi feita em abril deste ano e segue sendo respondido pelas prefeituras.

Após quase três meses, a Secretaria Municipal de Educação ainda não encaminhou nenhum ofício sobre o retorno que deve iniciar no próximo mês de agosto. 

Os diagnósticos dos outros municípios do Ceará foram pautados acerca da concretização da aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid nos trabalhadores da educação. O público-alvo iniciou a vacinação no dia 29 de maio e de acordo com o governador Camilo Santana, a segunda dose deve ser antecipada para julho. A ideia é completar a imunização para garantir o retorno às aulas presenciais no segundo semestre. De acordo com o Vacinômetro da SESA, Santa Quitéria já vacinou um total de 660 professores contra a Covid-19. 

A Voz de Santa Quitéria entrou em contato com a Secretária de Educação da cidade, mas foi repassado apenas que a secretária de educação Kaká Mourão não poderia apresentar o planos de retorno pois o “comitê ainda não havia aprovado”. 

Avaliação de municípios
O governador Camilo Santana afirmou no último dia 24 de junho que os municípios do Ceará serão avaliados, em relação aos impactos da pandemia da Covid-19, para o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas no segundo semestre de 2021.

Segundo o gestor estadual, durante as avaliações serão levadas em consideração as necessidades que cada município tem em relação às escolas públicas estaduais e municipais.