Sargento da PM é afastado por suspeita de estupro de menina de 13 anos no Ceará

Sargento da PM é afastado por suspeita de estupro de menina de 13 anos no Ceará


Um sargento da Polícia Militar do Ceará foi afastado das suas funções e é investigado por suspeita de ter cometido estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos. O caso ocorreu no dia 4 de julho de 2021, em Fortaleza, e foi denunciado pela avó da menina.

O afastamento do policial militar, que terá seu nome preservado para não identificar a vítima indiretamente, foi publicado pela Controladoria Geral de Disciplina dos Órgãos de Segurança Pública e Sistema Penitenciário (CGD), nesta terça-feira (27). Contra ele, foi aberto um processo no Conselho de Disciplina no órgão, que pode resultar em advertência, suspensão ou demissão dos quadros da PM.

A decisão pela abertura do conselho de disciplina foi assinada pelo secretário executivo da CGD, Vicente Alfeu Teixeira Mendes. Conforme o documento, "há informação de que o primeiro contato do policial militar com a adolescente ocorreu quando [ele] estava de serviço, transitando na viatura policial, ocasião em que pediu o número do telefone da adolescente".

Ainda conforme a Controladoria, um laudo pericial realizado na jovem para identificar o crime atestou a relação sexual. A perícia apontou, segundo o documento, "existência de vestígios de conjunção carnal e rotura himenal recente".

O sargento, que está na Corporação desde 2007, já esta sendo investigado pela Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dceca) e, foi justamente por meio do órgão, que o caso chegou à Coordenadoria de Inteligência (Coint) da CGD.

G1 CE