Bombeiros alertam para alto risco de grandes incêndios florestais em Santa Quitéria no 2º semestre

Bombeiros alertam para alto risco de grandes incêndios florestais em Santa Quitéria no 2º semestre


Nos últimos dias, tem tornado a surgir novamente ocorrências de incêndios em terrenos às margens das rodovias estaduais que cortam Santa Quitéria. O número de focos de incêndio neste ano são baixos se comparados a 2020, mas há possibilidade deste cenário piorar. Isso porque a temporada das queimadas tende a se intensificar a partir do próximo mês. De agosto em diante, os focos crescem em escalada.

Entre janeiro e julho deste ano, foram 69 focos de incêndios, contra 1.836 do ano passado, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

O Corpo de Bombeiros emitiu um alerta sobre o alto risco de incêndios florestais de grandes proporções em todo o Ceará entre esta terça (10) e quinta-feira (12). O aviso leva em consideração a vegetação seca, umidade relativa do ar baixa, temperatura alta e ventos fortes neste período, fatores que colaboram para o fogo se propagar e aumentam as chances do fenômeno acontecer.


Mais de 90% das queimadas no Ceará tem origem antrópica, isto é, são provocadas pelo homem. Grande parte destes incêndios nasce na queimada de um determinado terreno para plantio, na conhecida "broca". A maior preocupação se dá porque estão cada vez mais próximos às áreas urbanas e entornos das cidades.