Cagece esclarece na Câmara sobre problemas com adutora de Santa Quitéria e anuncia melhorias para partes mais altas

Cagece esclarece na Câmara sobre problemas com adutora de Santa Quitéria e anuncia melhorias para partes mais altas


Algo que tornou-se comum para muitos quiterienses nos últimos meses foi a constante falta de água nas torneiras das residências, trazendo transtorno aos moradores do município. Na última sexta-feira (20), em uma sessão na Câmara dos Vereadores de Santa Quitéria o gerente regional da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (CAGECE) foi convocado pelos vereadores da casa para prestar esclarecimento sobre os constantes ocorridos.

Segundo o gerente regional da CAGECE, Francis Clay, uma das solicitações dos vereadores foi um novo reservatório de água e novas linhas de reforço para abastecimento das localidades. No popular, tubos maiores e mais grosso para levar água as localidades mais afetadas, localizadas em regiões mais altas da cidade, como Piracicaba.

Questionado pelo A Voz de Santa Quitéria sobre a adutora que abastece Santa Quitéria, o gerente informou que “a adutora daqui de Santa Quitéria é nova, é uma adutora de 300 milímetros, ou seja, comporta perfeitamente o que necessita a cidade. Agora como tudo na vida ela tem um tempo de vida útil. Ela é nova, vai precisar trocar daqui uns 20 anos, 25 anos, que será necessário fazer a troca. Hoje a gente tem um espaço de vida dela boa”.


O gerente ainda afirmou que a atual tubulação é de ótima qualidade e que os reparos são feitos imediatamente quando alguma parte está danificada. A curto prazo Francis Clay disse que um monitoramento mais eficaz do fluxo de água será feito, principalmente nas áreas de conflito. O gerente também afirmou que a compra do material para o elevatório do reservatório para levar água para as localidades mais altas já está quase concluída.

O gerente pediu que a população tivesse cuidado com as queimadas no entorno da adutora e das tubulações de água para evitar possíveis danos e a falta de água nas residências.