Camilo anuncia distribuição de vale gás como política pública permanente do Ceará

Camilo anuncia distribuição de vale gás como política pública permanente do Ceará

O Vale Gás Social, medida de apoio social de caráter emergencial implementada durante a pandemia, será convertido em política pública permanente no Ceará.

Informação foi divulgada em anúncio nas redes sociais nesta terça-feira, 24 de agosto, pelo governador do Estado, Camilo Santana (PT).

A mensagem com o Projeto de Lei (PL) que viabiliza a implementação permanente do vale gás no Ceará será enviada ainda nesta tarde para apreciação da Assembleia Legislativa do Estado, conforme revelou Camilo ao destacar a urgência com que o pedido precisa ser analisado. 

"Não tenho dúvidas que a Assembleia Legislativa irá apoiar essa iniciativa", afirmou Camilo. Com o projeto, espera-se fornecer três botijões de 13kg do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), gás de cozinha, por ano para famílias de baixa renda e em situação de vulnerabilidade econômica. 

Ação realizou entrega de 250 mil botijões de gás em cada semestre de 2020 e espera-se, ainda com a redução da entrega, feita mensalmente durante a pandemia, manter o apoio para os cearenses, especialmente no interior do Estado. 

"O botijão de gás tá muito caro, então tem pessoas que não estão conseguindo mais comprar, tenho recebido muitas mensagens de donas de casa, de pessoas aqui do Ceará que estão precisando voltar para o fogão a lenha", afirmou Camilo. 

O governador pontuou ainda que, além do vale gás, irá viabilizar uma parceria com o programa fogão ecológico, para beneficiar moradores da área rural com o vale gás e também aumentar o número de lares onde será instalado o fogão ecológico. 

Desenvolvido pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Energias Renováveis (Ider), o fogão ecológico é feito de tijolo refratário e uma caixa de metal.

O principal objetivo é ter o máximo proveito da lenha utilizada, reduzindo emissão de gases, bem como a quantidade de material a ser queimado. 

O povo