Ceará e outros estados do Nordeste suspendem compra da Sputnik e responsabilizam governo Bolsonaro

Ceará e outros estados do Nordeste suspendem compra da Sputnik e responsabilizam governo Bolsonaro


Os governadores do Nordeste decidiram suspender a compra das doses da vacina russa Sputnik-V. O governador do Piauí, Wellignton Dias (PT), reuniu-se nesta quinta-feira com o Fundo Soberano Russo e anunciou a decisão.

A previsão dos estados do Nordeste era de compra de 37 milhões de doses de vacina. Só para o Ceará, seriam mais de 5,5 milhões de doses. A suspensão é atribuída pelos governadores às restrições à compra imposta pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A dificuldade foi agravada pelo fato de a vacina não ter sido incluída no Plano Nacional de Imunização. Há ainda falta de licença de importação.

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), criticou a lentidão do Governo Federal na aquisição de mais três milhões de doses da Coronavac, em contrato direto com o Instituto Butantan.

O POVO