Confronto entre feirantes e guardas deixa um homem morto no Ceará; Polícia investiga o caso

Confronto entre feirantes e guardas deixa um homem morto no Ceará; Polícia investiga o caso


Na madrugada desta quarta-feira, 18, houve registro de um novo confronto entre feirantes da José Avelino e a Guarda Municipal de Fortaleza. Segundo fontes, a motivação seria para impedir o funcionamento da feira que tem início nas primeiras horas do dia. No confronto, um homem foi morto e a Polícia Civil investiga o caso.

De acordo com informações da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), estão sendo investigadas as circunstâncias acerca da ocorrência. "O caso foi registrado inicialmente no 34° Distrito Policial (DP), onde o irmão da vítima de 31 anos foi ouvido", disse a nota. O caso agora já está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da PC-CE.

O confronto aconteceu na madrugada e, segundo relatos dos feirantes, eles teriam sido surpreendidos com tiros de borracha. Um dos disparos teria sido o que atingiu o homem, identificado como Naison Abdenego de Sousa Barros, 31, que foi encaminhado ao Instituto José Frota (IJF), no Centro, onde veio a óbito, de acordo com informações dos feirantes. Na unidade, à espera de informações, conforme apurado, estava a esposa do permissionário e um grupo de feirantes da Associação dos Feirantes e Ambulantes do Estado do Ceará (Afaece). 

No sábado, 14, também houve confronto e, segundo imagens recebidas pelo O POVO, é possível ver guardas avançando contra os comerciantes, que reagem atirando objetos e colocando gradis para bloquear a rua. É possível identificar ainda um material que foi incendiado no meio da rua.

Nesta ação, a Prefeitura de Fortaleza destacou que permanecem em vigor as regras que proíbem as atividades econômicas executadas em ruas e avenidas da Cidade, assim como a autorização de funcionamento das 6h às 16 horas do comércio varejista e atacadista das lojas e galpões situados nas imediações da rua José Avelino.

O Povo Online