Empinar a moto: Ceará é o 3º estado com maior número de infrações

Empinar a moto: Ceará é o 3º estado com maior número de infrações

 

Empinar moto, conhecida como “Cultura do grau”, é um dos principais motivos de acidentes no Brasil envolvendo motocicletas. O Ceará é o terceiro estado do País com mais vítimas deste tipo de infração: foram 375.977 casos em 2020. Na frente estão São Paulo (402.021) e Minas Gerais (384,072). 

Os dados são do levantamento da empresa Younder, especializada em treinamentos em mobilidade, baseado em dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A manobra é proibida, de acordo com o Código Nacional de Trânsito, constando como infração prevista no artigo 244, inciso III: “Conduzir motocicleta, motoneta e ciclomotor fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas em uma roda”, explica o texto. 

Considerada gravíssima, a penalidade é de multa de R$ 293,47 e suspensão do direito de dirigir, além da retenção do veículo até regularização e recolhimento do documento de habilitação. O tempo sem dirigir para quem é pego praticando a manobra é de 2 a 8 meses e, na reincidência dentro de um ano, a pena é aumentada para 8 a 18 meses.

OPOVO