Fiscalizações de festas clandestinas vão ter ônibus para levar participantes à delegacia, no Ceará

Fiscalizações de festas clandestinas vão ter ônibus para levar participantes à delegacia, no Ceará

 

A medida busca enrijecer o cumprimento do decreto contra o coronavírus. Atualmente, apenas as pessoas que se apresentam como responsáveis e organizadores são encaminhados à delegacia, onde são abertos Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

As fiscalizações dos órgãos de segurança e vigilância sanitária contra as festas e eventos clandestinos vão contar com apoio de ônibus para levar todos os participantes do local à delegacia. Não foram repassados detalhes de quantos veículos estarão à disposição ou data para início desta medida, intensificada em razão do decreto com ações contra a Covid-19, até então os ônibus serão usados na região metropolitana de Fortaleza.

“Nós teremos inclusive ônibus à disposição para que, uma vez localizada essa festa clandestina, todos os participantes sejam levados à delegacia e respondam a um TCO”, informou o secretário municipal da Segurança Cidadã, Coronel Eduardo Holanda.

Ele alerta, inclusive, que o TCO pode ter consequências futuras para aqueles que tiverem um registro. "Pode trazer problemas pra um jovem, por exemplo, quando ele for fazer um concurso público. Se ele tiver respondido a um TCO, ele pode, inclusive, não estar apto a assumir uma função num concurso público".

G1