Hidrolândia confirma primeiro caso de variante Delta

Hidrolândia confirma primeiro caso de variante Delta


A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou, na tarde desta quarta-feira (18), que já foram confirmados 43 casos de pacientes com coronavírus que estão com a variante delta (B.1.617), de origem indiana. Além disso, a pasta também confirmou a presença do primeiro caso da variante alfa, de origem britânica; é a primeira vez desde o início da pandemia que esta cepa foi identificada no estado.

De acordo com a Sesa, dos 43 casos da variante no Ceará, 28 são importados, ou seja, vieram de viajantes que foram testados nas barreiras sanitárias montadas pelo estado desde o início de julho. Outros três casos já foram confirmados como sendo de transmissão comunitária, o que significa que os infectados não viajaram, nem tiveram contato com pessoas que vieram de outros locais.

Outros 12 casos estão sendo rastreados pela Secretaria, cuja forma de transmissão ainda não foi confirmada. A pasta garante que todos os pacientes (24 mulheres e 19 homens), que testaram positivo nessas condições, estão sendo monitorados. A indicação da Sesa é que eles cumpram autoquarentena de 14 dias

Os pacientes, conforme a Sesa, tiveram sintomas leves, moderados ou foram assintomáticos, e têm idades entre 20 e 39 anos. Mais da metade veio do estado do Rio de Janeiro, além de viajantes oriundos de São Paulo, Recife e Porto Alegre, além do México.

Veja os 20 municípios com confirmações de pacientes com a variante delta
  • Fortaleza
  • Sobral
  • Eusébio
  • Monsenhor Tabosa
  • Caucaia
  • Choró
  • Hidrolândia
  • Icó
  • Ipaporanga
  • Ipueiras
  • Irauçuba
  • Itapipoca
  • Jaguaretama
  • Nova Russas
  • Paraipaba
  • Poranga
  • Quixeramobim
  • Redenção
  • São Gonçalo do Amarante
  • Tauá

G1 CE