Justiça nega pedido de cassação do mandato da prefeita de Nova Russas, Giordanna Mano

Justiça nega pedido de cassação do mandato da prefeita de Nova Russas, Giordanna Mano


Giordanna Mano segue como prefeita municipal de Nova Russas após a 48ª Zona Eleitoral julgar improcedente o pedido de cassação do mandato da gestora. De acordo com o juiz Luiz Eduardo Viana Pequeno, responsável por conduzir o caso, ficou comprovado a inexistência de provas robustas da ocorrência de abuso de poder político e econômico, razões pelas quais Giordanna estava sendo acusada.

Segundo o magistrado, cassar os registros de candidatura e decretar a inelegibilidade em processo desprovido de provas representaria uma afronta aos eleitores, fragilizando o exercício da democracia. “Os votos conquistados [por Giordanna] detêm presunção de legitimidade social e jurídica, que apenas poderia ser desmantelada ante prova inconteste da prática de corrupção eleitoral, o que não é o caso dos autos”, explicou.

Giordanna Mano foi eleita prefeita do município de Nova Russas, a 304km de Fortaleza, no pleito realizado em 2020. Na época, a então candidata derrotou o concorrente Pedro Ximenes (MDB), conquistando 9.929 votos, o que representa 54,95% do eleitorado local.