Agricultor morre após inalar fumaça durante queimadas em roçado na zona rural de Tamboril

Agricultor morre após inalar fumaça durante queimadas em roçado na zona rural de Tamboril


Um agricultor de 61 anos morreu após inalar fumaça quando tentava apagar um princípio de incêndio que ocorria nas proximidades de açude na localidade de Cipó, região do Distrito de Sucesso na zona rural de Tamboril.

Segundo familiares, uma suposta fogueira foi feita próximo ao reservatório, onde pessoas vão pescar sem autorização do proprietário e lá mesmo consomem o pescado. As chamas não foram apagadas e acabaram se propagando e atingindo a vegetação seca.

Antonio de Carvalho teria ido dar água ao gado por volta de 11h e 12h30, quando percebeu as chamas se propagando em uma cerca da propriedade. Depois de dar água aos animais ele retornou ao local para conter as chamas. Infelizmente Antonio passou mal e caiu ao solo. Ele ficou exposto ao sol, vindo a inalar muita fumaça devido está próximo ao local onde estavam as chamas.

A vítima não resistiu e veio a óbito. O corpo foi encontrado por um irmão, que ainda tentou reanimá-lo. Antonio era um cidadão muito conhecido no Distrito de Sucesso. Ele era irmão do Joaquim Carvalho, funcionário público do Hospital de Tamboril. A morte dele causou comoção em dezenas de moradores devido sua boa relação social com as pessoas.

A família ressalta que entrou em contato com a polícia para atendimento da ocorrência, mas infelizmente ninguém respondeu aos chamados. O sepultamento aconteceu por volta das 7h desta quinta-feira (09).

Blog do Manuel Sales