Após mais de um ano, Hidrolândia recebe R$ 3,2 milhões para reconstruir 51 casas destruídas em inundação

Após mais de um ano, Hidrolândia recebe R$ 3,2 milhões para reconstruir 51 casas destruídas em inundação


De acordo com o Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira (10/09), o município de Hidrolândia vai receber R$ 3,2 milhões para reconstrução de lares de 51 famílias, vítimas das enchentes de março de 2020. Os recursos são oriundos do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR).

Leia também

O texto esclarece que a utilização do montante transferido está vinculada, exclusivamente, à execução das ações especificadas, incluindo a construção de 51 moradias. As medidas têm um prazo de 365 dias para serem cumpridas, a contar de hoje.

A prefeita Iris Martins comemorou a liberação dos recursos. "Parecia um sonho impossível. Nunca desisti de lutar. 51 famílias terão um novo teto. Parabéns a toda equipe que muito se empenhou para este grande benefício chegar as nossas famílias", destacou.


A forte chuva ocorrida entre os dias 24 e 25 de março de 2020, em alguns locais superior a 300 mm, deixou 450 pessoas desalojadas (que não mais voltaram para as suas casas) e 51 famílias desabrigadas (casas atingidas que precisaram de abrigo organizado pela Prefeitura). Foram 3 horas ininterruptas, elevando o nível das águas do rio Batoque e deixando um rastro de destruição à população de Hidrolândia.


Os bairros Progresso, Nova Hidrolândia e Centro, na época, foram foram os mais atingidos com a força das águas. Os distritos de Betânia, Conceição e Irajá também sofreram grandes estragos com as enchentes. Durante as enchentes o Corpo de Bombeiros entrou em ação, levando as famílias para a Creche Eugênia Camelo Timbó. Em plena força da pandemia do coronavírus, muitas famílias e comerciantes perderam seus pertences e lamentam essa tragédia.