Canhão antigo é descoberto durante obras na Estação João Felipe, em Fortaleza

Canhão antigo é descoberto durante obras na Estação João Felipe, em Fortaleza

 

Um canhão foi encontrado por trabalhadores durante as obras de requalificação da Estação João Felipe, no Centro de Fortaleza. A arma foi achada em agosto na área interna do equipamento público. O local passa por obras para abrigar a Estação das Artes, da Secretaria de Cultura do Ceará.

De acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan), o canhão foi encontrado durante as escavações para a execução das instalações hidrossanitárias em uma das áreas das obras da Estação das Artes.

A Secult e o Ipahan estudam o objeto e informou ao G1 que ainda não há como precisar de que período é o canhão nome relacioná-lo aos outros que já compõem o acervo do Museu do Forte Nossa Senhora da Assunção, fortificação militar que data da fundação de Fortaleza, no século XVII.

Ainda segundo o órgão, o canhão encontra-se na obra da Estação das Artes e que só após a elaboração do plano de ação relacionado ao achado arqueológico as autoridades vão saber informar para que local será levado.

A coordenadoria do patrimônio cultural e memória do Iphan Ceará visitou a Estação das Artes e fez um primeiro estudo do canhão. Segundo o Iphan, o canhão de modelo não identificado possui 3,20 metros de comprimento e calibre 14,5. O objeto encontra-se em um estado corrosivo generalizado. Há marcas circulares nas suas laterais. Não há base e nenhuma parte acessória.

Ainda de acordo com o relatório, não foi possível verificar se há marcas diferenciais, inscrições, restaurações ou assinaturas devido à impossibilidade mover o objeto.

G1 CE