Desaparecimento do jovem Daniel, de Catunda, completa 1 mês sem pistas

Desaparecimento do jovem Daniel, de Catunda, completa 1 mês sem pistas


A angústia da família de Daniel Sousa Torres, de 20 anos, que lida com o desaparecimento do jovem, já dura um mês. Ele desapareceu em 26 de agosto, logo depois de sair da cidade de Catunda sentido à vizinha Monsenhor Tabosa e não foi mais visto. Familiares, amigos e a polícia procuram por pistas que possam indicar o paradeiro de Daniel.

Residente na região da Serra das Matas, ele saiu de casa afirmando que prestigiaria um evento que ocorreria numa escola do outro município e foi avistado pela última vez por volta das 19h em uma oficina.

Nove dias após o seu sumiço, no último 04 de setembro, a moto que ele saiu pilotando, uma Honda Bros, de cor preta e placa PMT-0150, que lhe pertence, foi encontrada dentro de uma casa no bairro Alto do Bode, em Monsenhor Tabosa, onde estavam criminosos e um outro veículo que havia sido roubado, mas nada de informações.


O irmão de Daniel, Jefferson Torres, expressou o sentimento da família em postagem do último dia 13 nas redes sociais: "O mistério continua e a espera sem fim. Dias sem saber o que fizeram com você Daniel". Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Municipal de Tamboril e buscas foram feitas.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Daniel Sousa Torres pode comunicar pelo (88) 99908-2010 ou 190.