Enel corta energia de prédios da Prefeitura de Hidrolândia por falta de pagamento

Enel corta energia de prédios da Prefeitura de Hidrolândia por falta de pagamento


A Enel, distribuidora de energia no Ceará, suspendeu nesta quarta-feira (08) o fornecimento de energia para alguns prédios da Prefeitura Municipal de Hidrolândia, por falta de pagamento.

Entre os locais que foram afetados, estão a escola Maria Mirian Ferreira de Sousa (bairro Progresso), a Secretaria de Educação, o CREAS, o Conselho Tutelar, o chafariz público e a Praça da Juventude, que fica em frente ao Paço Municipal, numa dívida avaliada de R$ 76 mil.

A empresa somente tomou a decisão de interromper o fornecimento de energia após enviar notificações e tentar negociar o débito em várias ocasiões. "A suspensão cumpre rigorosamente a resolução 414 da Aneel e é referente ao não pagamento de faturas da prefeitura", diz a empresa em nota.

Em live nas redes sociais da Prefeitura, a prefeita Iris Martins (PDT) afirma que as faturas em atraso não chegaram ao Município, admitiu a falha de que realmente só tomaram conhecimento em agosto e buscaram mais informações, porém tendo isso demorado e motivado o corte. "Isso nunca mais irá se repetir, é uma orientação minha, foi uma falha do profissional de ir buscar e a Enel não espera", ressaltou.

O valor foi pago e a Enel esclareceu que aguarda os comprovantes de pagamento para realizar a religação das unidades.