Fortaleza, Rio de Janeiro e Salvador estão entre as 11 cidades que estudam fazer Réveillon

Fortaleza, Rio de Janeiro e Salvador estão entre as 11 cidades que estudam fazer Réveillon

 

Com o avanço da vacinação, Fortaleza, Rio de Janeiro, Salvador, Gramado, Canela e São Paulo estão entres as 11 cidades que estudam festas de Réveillon 2021/2022. O balanço das cidades brasileiras a planejar Réveillon é do Ministério do Turismo.

Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), por exemplo, planejam celebrações com shows e queimas de fogos. Na capital carioca, o governo local anunciou a montagem de 13 palcos em Copacabana, um dos principais cartões-postais do Brasil.

Na capital baiana, a prefeitura da cidade tem a expectativa de realizar 5 dias de festas, começando no dia 29 de dezembro e finalizando em 2 de janeiro de 2022, com atrações já definidas.

Em Fortaleza, conforme O POVO publicou, a Secretaria Municipal de Cultura já entregou à Prefeitura planejamento para a realização da festa, com a utilização de alguns mecanismos para o controle da movimentação, como o uso de pulseiras com QR Code.

Ainda no Nordeste, Tibau do Sul (RN) e São Miguel do Gostoso (RN) já agendaram suas comemorações. O primeiro contará com cinco dias de duração na Praia de Pipa e o segundo terá 8 dias com diversas atrações. De acordo com as autoridades sanitárias dos dois municípios, os eventos podem acontecer desde que cumpram as medidas preventivas.

No Sul, Gramado (RS) e Canela (RS) também contam com celebrações, como o Natal Luz, que este ano acontecerá entre os dias 28 de outubro e 30 de janeiro de 2022, e o Réveillon Vida nova. A Prefeitura de Balneário Camboriú (SC) também confirmou festejos.

De acordo com o prefeito, a virada para o ano de 2022 contará com queima de fogos e será realizada cumprindo todas os protocolos sanitários necessários.

Outras três cidades do Sudeste brasileiro estudam ainda a possibilidade de a festa acontecer. Em São Paulo (SP), a prefeitura anunciou, no início de julho, a intenção de realizar a celebração. No Espírito Santo, Vila Velha e Serra elaboram planos para a realização da virada do ano.

De acordo com o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a expectativa do setor para a virada do ano é alta, e será um dos maiores impulsionadores da retomada no País.

“Os números já mostram que os brasileiros estão se sentindo mais seguros para voltar a viajar. O aumento substancial no número de brasileiros vacinados reflete na confiança para a realização de grandes eventos como esse, impulsionando ainda mais o nosso setor e, consequentemente, a economia, gerando emprego e renda para a nossa população”, disse.

O povo