Idosa é acusada de esquartejar marido e concretá-lo na parede

Idosa é acusada de esquartejar marido e concretá-lo na parede


Uma idosa de 62 anos foi presa nesta terça-feira (31), suspeita de matar e esquartejar o marido, em Ribeirão das Neves, Minas Gerais. Após o homicídio, ela teria ainda concretado o corpo da vítima na parede da casa onde os dois moravam. As informações são do portal G1.

Dilson Bicalho, de 55 anos, foi morto há 20 dias e encontrado em uma cova rasa na parede da sala. Para chegar até ele, o Corpo de Bombeiros precisou usar picaretas, enxadas e pás. Os restos mortais da vítima foram levadas para o Instituto Médico Legal na Região Oeste de Belo Horizonte.

O casal estava junto 25 anos e ainda não há informações sobre a motivação do crime. A suspeita foi levada para a delegacia de Ribeirão das Neves.