Paciente é preso suspeito de matar diretor de clínica de reabilitação a facadas, no Ceará

Paciente é preso suspeito de matar diretor de clínica de reabilitação a facadas, no Ceará


Um jovem de 20 anos foi preso pela Polícia Civil por suspeita de matar a facadas o diretor da clínica de reabilitação para dependentes químicos onde ele estava internado para tratamento, no município do Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. A captura do suspeito aconteceu na última terça-feira (7), na cidade de Tianguá.

Conforme a Polícia Civil, investigações apontam que no dia 1º de agosto Artur de Sousa Primo matou o homem de 35 anos a golpes de faca. Após cometer o crime, o paciente levou alguns pertences do diretor, que morreu no local.

Com base nas apurações, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva de Artur de Sousa. Com a decisão judicial em mão, os policiais civis da Delegacia Metropolitana do Eusébio se deslocaram até Tianguá e localizaram o jovem, que responderá pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte).

O suspeito, que já respondeu a ato infracional análogo ao crime de feminicídio quando adolescente, também possui antecedentes criminais por roubo e contravenção penal. A polícia segue com as investigações sobre o caso, a fim de identificar a participação de outra pessoa no crime.

G1 CE