Procura por mel cresce na pandemia e novas pessoas aderem a apicultura em Santa Quitéria

Procura por mel cresce na pandemia e novas pessoas aderem a apicultura em Santa Quitéria


Nos últimos anos a produção de mel no Brasil vem crescendo e a apicultura ganhando novos adeptos. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2019 a produção de mel no país foi um volume de 10,60% maior que 2017, cerca de 45,9 mil toneladas. Mesmo não estando entre os maiores produtores da especiaria, o Brasil vem se tornando um grande exportador de mel.

No Ceará, algumas pessoas vêm aderindo a apicultura como fonte renda. Santa Quitéria já conta com 77 apicultores e cerca de 1711 colmeias, destas 1047 são povoadas com abelhas produtoras de mel. A maior produção do município vem das colmeias do distrito de Saco do Belém.

Na comercialização, a maior parte do mel produzido em Santa Quitéria tem como destino a exportação. É comum que parte do mel comprado seja usado para a produção de remédios caseiros, mas ultimamente as pessoas vem aderindo ao consumo do mel como alimento, presente em suas refeições.

Segundo o presidente da Associação dos Apicultores e técnico agrícola da Secretaria de Agricultura de Santa Quitéria, Ângelo Marcos, o consumo de mel e a procura pela especiaria cresceu durante a pandemia, assim como novas pessoas aderiram a essa atividade durante esse período. “[A apicultura] está em expansão não só aqui no município, mas em todo o Ceará. É uma atividade que não vai lhe impedir de trabalhar em outra atividade, é uma atividade de final de semana”, disse o presidente.

Entre as pessoas que começaram a trabalhar na apicultura durante a pandemia está Marcelo Magalhães. Em dezembro de 2020, Marcelo aderiu a apicultura por curiosidade e como uma oportunidade de criar uma nova renda para sua fazenda. Trabalhar nesse ramo está sendo gratificante para o jovem apicultor “dentro do que estou fazendo no apiário, de janeiro pra cá, eu estou gostando muito e me identificando muito com a apicultura e com a produção de mel”.


A própolis é uma das substancias produzidas pelas abelhas mais procurada pelos consumidores. Na localidade de Lagoa Grande, essa substância é produzida e o local é aberto para visitação do público. Os interessados precisam procurar a Associação dos Apicultores e marcar a data da visitação.