Santa Quitéria entra pra lista de municípios brasileiros em situação de emergência devido à falta de chuvas

Santa Quitéria entra pra lista de municípios brasileiros em situação de emergência devido à falta de chuvas


A Defesa Civil Nacional reconheceu situação de emergência devido à ausência de chuvas em três municípios cearenses: Cascavel, Independência e Santa Quitéria. As cidades ficam localizadas na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e Região Norte, respectivamente. O documento reconhecendo a situação das cidades foi publicado nesta segunda-feira, 13, no Diário Oficial da União (DOU).

A medida ainda informa que, além das três regiões, mais 11 cidades brasileiras estão em situação de emergência por desastres naturais, entre ausência de chuvas intensas e período de seca. O reconhecimento, conforme o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), permite que as cidades busquem recursos federais para ações de resposta e reconstrução de estruturas danificadas para atendimento à população atingida pelos desastres naturais.

Em Independência, o prefeito José Valdi Coutinho (PSD) informou, em decreto publicado no dia 30 de julho, a situação de emergência na cidade. No documento, o gestor destaca que as irregularidades das chuvas e as elevadas temperaturas vêm comprometendo o abastecimento de água do município. Para minimizar os efeitos, foram solicitadas ações, como mobilização de voluntários para realizar campanhas de arrecadação de recursos junto às comunidades e mobilização dos órgãos municipais.

Nas cidades de Cascavel e Santa Quitéria, não foram publicadas medidas de combate ou declaração da situação de emergência reconhecida pela Defesa Civil Nacional.

Demais regiões
Mais 11 cidades estão em situação de emergência, conforme a Defesa Civil. Na Bahia, os municípios de Brumado, Lamarão, Piripá e Valente passam pelo período de estiagem, quando há ausência de chuvas. Alto Taquari, no Mato Grosso, e Novo Horizonte, em Santa Catarina, vivem o mesmo cenário.

Já as cidades de Juscimeira e Tangará da Serra, no Mato Grosso, Patos do Piauí, no Piauí, e Jardim de Angicos e Serrinha, no Rio Grande do Norte, receberam o reconhecimento por conta do período de seca que avançou nas regiões e tem atrapalhado o desenvolvimento local.

Após o reconhecimento de situação de emergência pelo Governo Federal, o município afetado por desastre natural pode solicitar recursos do MDR para ações de resposta, que são aquelas voltadas a socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais, além de reconstrução de infraestrutura danificada pelos desastres.

Com base nas informações enviadas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD), a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado.

Veja as cidades em situação de emergência, segundo governo:
  • Cascavel (CE)
  • Independência (CE)
  • Santa Quitéria (CE)
  • Brumado (BA)
  • Lamarão (BA)
  • Piripá (BA)
  • Valente (BA)
  • Alto Taquari (MT)
  • Juscimeira (MT) 
  • Tangará da Serra (MT)
  • Novo Horizonte(SC)
  • Patos do Piauí (PI) 
  • Jardim de Angicos (RN)
  • Serrinha (RN)
O Povo Online