Após veto de Bolsonaro, Governo do Ceará informa que distribuição gratuita de absorventes começará ainda este ano


Após o presidente Jair Bolsonaro ter vetado o projeto de lei que previa a distribuição de absorventes higiênicos gratuitamente para alunas das redes publicas de ensino e à mulheres em situação de vulnerabilidade social, o Governo do Ceará reforçou o compromisso com a medida, que já foi aprovada em âmbito estadual no mês de julho.

Segundo o governo, a distribuição do insumo começa ainda em 2021. As secretárias da Educação e da Fazenda do Estado repercutiram a decisão do presidente da República, reforçando a importância da medida.

A entrega faz parte da Política de Atenção à Higiene Íntima de Estudantes. O texto autoriza a aquisição e distribuição de absorventes íntimos higiênicos a estudantes da rede pública estadual e das universidades estaduais.

“A falta de um absorvente íntimo é um fator que amplia as desigualdades educacionais entre as jovens brasileiras. Aqui no Ceará, entendemos que, além de oferecer um ensino de qualidade, é nosso dever cuidar do bem-estar e da saúde de todas as estudantes. Por isso, vamos iniciar ainda neste semestre a entrega de absorventes para estudantes matriculadas em nossas escolas”, afirmou a Secretária Estadual de Educação, Eliana Estrela.

No Ceará, distribuição do Governo do Estado deve atender 115 mil estudantes mensalmente. A medida tem como principais objetivos evitar constrangimentos e evitar o abandono escolar, além de minimizar risco de doenças.

Ceará Agora
Postagem Anterior Próxima Postagem