Bebê de 4 meses agredido pelo padrasto morre dois dias depois de ser internado

Bebê de 4 meses agredido pelo padrasto morre dois dias depois de ser internado


Morreu na noite desta quinta-feira (14) o bebê de 4 meses que foi agredido pelo padrasto na última terça-feira (12), na cidade de Nova Russas. A criança foi identificada como Francisco do Nascimento Soares e morava na localidade de Ema, zona rural do município de Nova Russas.

A criança chegou a ser transferida em estado grave para um hospital na cidade de Sobral, mas após dois dias veio a óbito em decorência dos ferimentos.

Na terça-feira a criança deu entrada em um hospital na cidade onde morava com hematomas pelo corpo. A equipe do hospital acionou a polícia que iniciou as investigações para apurar os motivos do estado da criança. Os PMs conversaram com a mãe do bebê que confessou que o companheiro tinha agredido a criança com chineladas.

Segundo a mãe da criança, as agressões teriam acontecido no domingo (10) após ela e o companheiro terem discutido. Ainda segundo a mãe, ela não teria denunciado as ações do padrasto da criança pois teria sido ameaçada por ele.

Com as informações colhidas, os PMs começaram as buscas e localizaram o homem ainda na terça-feira (12). O autor das agressões foi identificado como Adriano Araújo Maia, de 26 anos. Segundo informações, o homem é ex-presidiário e estaria escondido em um lixão na localidade de Ema.

O acusado foi encaminhado para a delegacia de Policia Civil de Crateús, onde foi autuado em flagrante por lesão corporal. O homem foi liberado após ser constato que o crime não se enquadrava mais em flagrante.