Bebê de um ano e meio morre após ser atingido por um tiro enquanto cortava o cabelo em salão

Bebê de um ano e meio morre após ser atingido por um tiro enquanto cortava o cabelo em salão


Um menino de um ano e meio morreu na tarde de segunda-feira (25) no bairro Jacutinga, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Mário Neto Ferreira Lourenço estava em um salão de barbeiro com o pai, cortando o cabelo, quando foi atingido por um disparo. Mário chegou a ser levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, também na Baixada, mas não resistiu aos ferimentos.

No mesmo tiroteio, dois homens foram mortos. Juan Batista de Souza, de 24 anos, morreu no local. Renan Felipe Batista Nunes também foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas chegou em estado gravíssimo e não resistiu. Uma outra criança, de 3 anos, também foi ferida de raspão no tornozelo e teve alta.

Pai presta homenagem
O pai do menino Mário fez um post nas redes sociais lamentando a morte da criança. “Hoje foi meu filho, perdeu a vida cortando cabelo no salão vítima da violência do Estado do Rio de Janeiro. Até quando vamos perder entes queridos? Um ano e seis meses meu príncipe. Senhor, misericórdia. Muita dor na minha alma”, afirmou Lucas Lourenço. Mário é a quarta criança morta na Região Metropolitana do Rio de Janeiro este ano por balas perdidas.

Portal G1