Caso de Canindé: homem envolvido em trisal incestuoso passa a ser investigado por estupro e violência doméstica

Caso de Canindé: homem envolvido em trisal incestuoso passa a ser investigado por estupro e violência doméstica


A Polícia Civil do Ceará investiga se Jaelson Camelo de Oliveira, 39 anos, vítima de tentativa de homicídio encomendada pela própria mulher após ela descobrir uma relação incestuosa a três entre ele, a filha dele e o genro, teria cometido os crimes de estupro e violência doméstica. Os inquéritos estão em andamento e foram abertos pelo delegado regional de Canindé, Daniel Aragão.

O inquérito sobre a tentativa de homicídio foi concluído e a mulher, Maria Aparecida Barroso, o genro, Antônio Herilson e dois suspeitos de terem sido contratados para executar o homem foram indiciados. Um deles foi identificado como Israel de Sousa Silva, 20. O outro é um adolescente de 17 anos. Os adultos poderão responder na Justiça por tentativa de homicídio, e o adolescente, por ato infracional análogo ao crime de tentativa de homicídio.

Um inquérito apura se Jaelson Oliveira cometeu o crime de estupro contra a própria filha e se há possíveis delitos da mesma natureza contra outros adolescentes.

O homem também é alvo de investigação, conforme o delegado, pelo crime de violência doméstica, cometida contra a mulher Maria Aparecida. Ela argumentou, em depoimento, ter sido agredida e ameaçada pelo marido para que não acabasse com o relacionamento.

G1 CE