Homem morre ao ser esmagado por brinquedo em parque de diversões; cinco pessoas ficam feridas

Homem morre ao ser esmagado por brinquedo em parque de diversões; cinco pessoas ficam feridas


Um homem de 29 anos morreu após ser esmagado por um brinquedo dentro de um parque de diversões em Itu (SP), na noite de quinta-feira (28). O acidente ocorreu no brinquedo chamado "Superman", que deixa as pessoas sentadas em bancos, mas faz movimentos no ar. O dono do parque informou à polícia que o operador disse que o rapaz havia tirado a grade de proteção e ficado em pé.

Como o brinquedo estava em movimento, ele decidiu interromper o funcionamento para evitar um acidente. Neste momento, William Ribeiro de Oliveira caiu e foi prensado pela estrutura. Ele chegou a ser socorrido e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Vila Martins, mas não resistiu e morreu. O corpo do jovem foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Outras cinco pessoas, entre 19 e 28 anos, que desceram da atração para ajudar o rapaz, também se feriram. De acordo com a Polícia Militar, elas foram socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e pelo Corpo de Bombeiros e levadas para diferentes unidades de saúde do município (PAM Vila Martins, UPA e Santa Casa).

Um vídeo feito por visitantes do parque mostra o momento após o acidente. Nas imagens, é possível ver muitas pessoas correndo e gritando, e outras tentando ajudar William. O dono do parque e o operador foram encaminhados para a delegacia. Uma perícia será feita no local para determinar as causas do acidente. A Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar passaram a noite toda no local, trabalhando no resguardo da área.

A Polícia Civil informou que já ouviu as pessoas envolvidas e vai juntar os depoimentos delas com os detalhes da perícia para identificar o que realmente aconteceu. A princípio, o caso é investigado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar, e lesão corporal culposa.

De acordo com a Prefeitura de Itu, o parque tinha alvará de funcionamento desde quinta-feira, quando houve a abertura. No entanto, moradores relataram que a estrutura estava no local havia cerca de duas semanas. Ainda segundo a administração municipal, o parque já foi fechado e começa a ser desmontado nesta sexta-feira (29).

À Tv Tem, o responsável legal pelo parque afirmou que está aguardando o resultado final da perícia, mas que o brinquedo não apresenta irregularidades. "O erro não foi do brinquedo. O pessoal deu uma olhada no equipamento e viu que está tudo ok. Infelizmente, o rapaz foi andar de forma incorreta, querer ficar em pé, não sei se foi para tirar selfie, eu não sei dizer exatamente, mas ele foi orientado a sentar. Ele sentou e, depois, quando o equipamento rodou novamente, ele ficou em pé, caiu no chão. Aí o equipamento freou rapidamente, mas não foi o suficiente para poder parar e 'catou' ele", relatou.

Ele disse também que o parque vai dar todo o suporte possível para a família de William e para os feridos. "Infelizmente, foi uma fatalidade. Nós, com tantos anos de parque, nunca tivemos nada nesse caso, foi o primeiro agora. É triste, é lamentável, porque a gente trabalha tanto, a gente luta tanto para poder trazer felicidade e divertimento para a população de várias cidades e com segurança, tudo como manda a lei", completou.

Portal G1