Mãe e madrinha são suspeitas de agredir e torturar menina de 9 anos

Mãe e madrinha são suspeitas de agredir e torturar menina de 9 anos


A polícia de Minas Gerais recebeu uma denúncia anônima de uma tortura de uma criança de apenas nove anos de idade. O caso aconteceu na cidade de Jequitinhonha em Minas Gerais. Segundo informações da Polícia, mãe e madrinha da criança eram responsáveis pelos crimes de agressão, os crimes de tortura foram gravados por uma tia da menina que seria advogada que Preside na Ordem dos Advogados do Brasil.

Ela é tia e madrinha da criança, na filmagem além de agressões e tapas, havia xingamentos. Mãe e tia chamavam a menina de ‘bicho’, ‘verminose’ e a menina fica nervosa quando a chamam desse nome. Em determinado momento na filmagem a criança tem o braço torcido e ela grita por sentir muita dor.

No vídeo tanto a tia como a mãe agride a criança e a ameaça dizendo que ela será levada para casa do pai. As imagens foram levadas para a delegacia. O caso aconteceu em março as imagens foram divulgadas somente agora. O Conselho Tutelar está no caso, eles receberam a denúncia das agressões sofridas pela menina e estão tomando todas as atitudes cabíveis para cuidar da criança.

Segundo a polícia civil a agressão dura mais de um ano. A mãe já chegou a procurar a polícia porque o pai agredia a criança, mas ela também agride a menina. Em nota a Ordem dos Advogados informou que teve acesso as imagens das agressões contra criança e irão tomar todas as providências cabíveis com relação a madrinha dessa menina que faz parte da Ordem dos Advogados. O caso está sendo investigado pela polícia que aguarda a conclusão dos laudos.

Últimas Notícias