Motorista que invadiu feira e matou três pessoas atropeladas no Ceará bebeu antes de dirigir, revela exame

Motorista que invadiu feira e matou três pessoas atropeladas no Ceará bebeu antes de dirigir, revela exame


O motorista que atropelou e matou três pessoas após invadir a área de uma feira em Aratuba, no interior do Ceará, conduzia o carro em alta velocidade e havia ingerido bebida alcoólica antes de dirigir, segundo informou neste domingo a Secretaria da Segurança Pública do Ceará. O condutor foi preso em flagrante.

"Ele [o motorista] foi submetido ao teste do etilômetro, o qual foi constatado a presença de álcool no sangue. Na delegacia, José Flávio foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado pela impossibilidade de defesa em concurso formal", disse a pasta, em nota.

Na noite de sábado (2), o motorista invadiu a área onde era realizada o "I Festival Aratuba – Cultura Viva". Ele derrubou barracas e atropelou seis pessoas, três delas não resistiram aos ferimentos e morreram em uma unidade hospitalar. Imagens de câmeras de segurança registram o acidente.

As vítimas do acidente têm entre 55 e 59 anos:
  • Maria do Rosário de Assis Lima, 65 anos
  • Maria Irene Rufino da Silva, 59 anos
  • José Alci Pereira de Assis, 55 anos
Maria do Rosário de Assis Lima, 65 anos (à esquerda), Maria Irene Rufino da Silva, 59 anos (no centro) e José Alci
Pereira de Assis, 55 anos (à direita) são as vítimas do acidente em Aratuba, no interior do Ceará. — Foto: Arquivo pessoal

O motorista, José Flávio Assis Gomes, 56 anos, foi preso em flagrante e encaminhado a Delegacia Municipal de Canindé, plantonista responsável pela área. Conforme a delegacia, policiais militares foram ao local para realizar exame de etilômetro no motorista.

Durante o depoimento, ainda de acordo com a delegacia, José Flávio se manteve em silêncio. Ele será transferido para a Cadeia Pública de Canindé. Outra imagem mostra o momento que policiais militares conduzem o homem para a delegacia após o acidente. Conforme uma testemunha, a PM teve de conter a população para que o homem não fosse linchado.

G1 CE