Mulher é resgatada de cárcere privado após ter cabelos arrancados pelo marido

Mulher é resgatada de cárcere privado após ter cabelos arrancados pelo marido

 

Uma mulher, de 45 anos, foi resgatada após ser mantida em cárcere privado dentro da casa onde morava com o marido, em Ceilândia. Uma colega de trabalho da vítima, suspeitando que havia algo errado, acionou a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), após notar a ausência da gari por vários dias seguidos. A corporação, então, seguiu para o endereço e flagrou a situação.

Caso aconteceu em setembro, mas só foi divulgado pelas autoridades nesta quarta-feira (6/10). O homem foi preso, por violência doméstica.

A vítima informou aos policias que teria acordado às 3:45 da manhã para ir trabalhar, mas o marido não a deixou sair de casa por ciúmes. Segundo depoimento da mulher, o homem chegava em casa bêbado e pedia mais bebidas alcóolicas. A mulher contou à polícia que negou o pedido e, por isso, foi agredida mais de uma vez com socos no rosto.

De acordo com as investigações, o casal estava junto havia 12 anos. A vítima contou na delegacia que sofria violência física e que, inclusive, teve os cabelos arrancados pelo companheiro durante uma briga. O caso chegou à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam 2), em Ceilândia, na semana passada. A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga o caso.

Metrópoles