Vereador ameaça colega com surra de cinto

Vereador ameaça colega com surra de cinto


O clima esquentou na sessão plenária da Câmara Municipal da capital goiana dessa quarta-feira (20/10). O vereador Novandir Rodrigues da Silva, o Sargento Novandir (Republicanos), chegou a tirar o cinto da cintura e bater na tribuna, dizendo que desejava “educar” outro vereador, Geverson Abel (Avante), além de xingá-lo de vagabundo e canalha.

“O senhor é um desserviço para a cidade de Goiânia. Eu, algumas vezes, já bati em moleque na rua, e em bandido, quando alguns tentaram me agredir, mas em você vereador, vou ser sincero, eu tinha vontade de tirar esse cinto aqui e te dar um couro”, disse Novandir.

Creche

O motivo da discussão seria o arquivamento de um projeto de Novandir que visava a abertura de uma creche na região norte de Goiânia. O parlamentar acusa Geverson Abel, que também é vereador da região, de ter agido nos bastidores para arquivar a proposta dele.

Com cinto na mão e olhando para o colega, o sargento continuou: “Eu queria te educar com cintada no seu lombo. Infelizmente, eu não posso fazer isso, mas o senhor merecia isso, vereador”.

“Canalha, vagabundo”

Novandir começou o discurso já solicitando a presença de Abel no plenário: “vou citar ele e não faço nada pelas costas”.

Composto emagrecedor obriga o corpo a eliminar gordura

E continuou: “Infelizmente nós temos um vereador canalha, vagabundo que se chama Geverson Abel. Ele, pelo contrário, faz um desserviço”.

Repúdio

Em nota, Abel repudiou a violência do discurso e disse não ter envolvimento com o projeto arquivado, citado por Sargento Novandir. Ele avalia, ainda, se vai apresentar reclamação formal no Conselho de Ética da Câmara.

A creche estaria fechada há quase quatro anos e tem capacidade para atender 320 crianças da região. “Talvez você tenha sucesso aqui na terra, mas o senhor vai queimar no fogo do inferno”, disse o vereador ao finalizar o discurso.

Metrópoles