Vídeo. Homem entra em UBS sem máscara, manda servidora “tomar no c*” e é preso

Vídeo. Homem entra em UBS sem máscara, manda servidora “tomar no c*” e é preso


Um homem foi preso depois de ofender uma servidora da Secretaria de Saúde do Distrito Federal de “vagabunda”, mandá-la “tomar no cu”, mostrar o dedo do meio e afirmar que ela era “petista”. A revolta do agressor aconteceu depois que a técnica de enfermagem Daniely Paz pediu para ele usar máscara dentro da unidade de saúde.

A mulher gravou em vídeo o momento das agressões, na noite dessa quarta-feira (29/9), na Unidade Básica de Saúde (UBS) 1 do Paranoá. No momento que as imagens foram registradas, um vigilante da unidade de saúde já tinha chegado para prestar apoio à servidora. Ainda assim, o homem revoltado mostra agressividade ao bater com a mão aberta no balcão de atendimento e afirmar que “não se importa com processo”.


“O cidadão entrou para pedir informações, mas estava sem máscara. Como profissional da saúde, pedi pra ele colocar a máscara, mas na hora ele começou a me xingar”, explicou Daniely. No momento que os ataques tiveram início a servidora estava sozinha, mas começou a mandar mensagens para o esposo.

“Depois, apareceu um vigilante e ele chamou uma viatura da polícia que estava perto. Os policiais deram voz de prisão a ele [ofensor]”, contou a técnica de enfermagem. O homem foi levado à 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá).

Metrópoles