Após aumento de casos de Covid, Sobral exigirá comprovante de vacinação em comércios

Após aumento de casos de Covid, Sobral exigirá comprovante de vacinação em comércios


Durante a inauguração da ciclovia Lela nesta quinta-feira (11), o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, anunciou o aumento de internações de pacientes com Covid no município. Segundo ele, houve uma elevação súbita de casos nos municípios que ficam no entorno de Sobral, fazendo com que subisse de 1 para 20 casos de internações em Sobral, em uma semana.

Devido esse aumento, será obrigatório a apresentação do comprovante vacinal para adentrar em estabelecimentos comerciais do município nas próximas semanas. A obrigatoriedade será assinada pelo prefeito em um decreto.

Os pacientes internados não são sobralenses, mas pessoas da região próxima ao município, principalmente da Serra Grande. Durante sua fala no evento, o prefeito Ivo Gomes atribuiu o aumento dos casos as pessoas não vacinadas ou que ainda não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19.

"Estamos sob controle, mas há um grande movimento de pessoas que vão para a Serra Grande, onde está tendo esse surto", disse Ivo. Ele segue destacando que Sobral sempre foi referência em vacinação. "Agora é a onda de Covid dos não vacinados. Sobral não pode se render aos imbecis", afirma.

Número de Leitos
Com a diminuição do número de casos em Sobral, em um acordo unto ao Governo do estado do Ceará, o número de leitos de UTI disponíveis nas unidades de saúde do município foram reduzidos, somando apenas 20 leitos no total. Entretanto, com o aumento de casos do Novo coronavírus, segundo a secretária de Saúde de Sobral, Regina Carvalho, “Nós tínhamos decidido com o Estado que Sobral ficaria com apenas 20 leitos de UTI, mas ainda não tínhamos colocado isso no sistema quando houve esse aumento", explicou.

Com o aumento de casos, o número de leitos passará a ser de 30 leitos, distribuídos entre o Hospital Alves e o Hospital Regional de Sobral, com 30 e 10 leitos para cada, respectivamente.