Bolsa Família é oficialmente extinto hoje, 8

Bolsa Família é oficialmente extinto hoje, 8

Após 18 anos sendo a única fonte de renda de milhões de brasileiros, o Bolsa Família está oficialmente extinto a partir desta segunda-feira, 8 de novembro. Decisão integra a  Medida Provisória nº 1.061, de 9 de agosto de 2021, que regulamenta a criação do Auxílio Brasil. Com a medida, o Bolsa Família será reformulado e incorporado, assim como outras seis políticas assistenciais de transferência de renda, no novo benefício social. 

O programa criado em 2003 durante a gestão do ex-presidente Lula (PT) realizou seu último pagamento no dia 29 de outubro deste ano. Sem o benefício, 13,9 milhões de famílias ficam sem garantia de renda até o Auxílio Brasil ser completamente definido. Mesmo com as indefinições, o Governo Federal afirma que o pagamento começará ainda este mês, no dia 17 de novembro, já com revisão nos valores. 

Na prática, cada família terá reajuste de 17,84%, abaixo dos 20% amplamente divulgado pelo presidente brasileiro Jair Bolsonaro (Sem Partido). O pagamento médio para os beneficiários ficará no patamar de R$ 217,18. O novo valor médio leva em consideração a revisão de benefício básico de R$ 89 para R$ 100 pago para todos os inscritos no programa social. Além do aumento do benefício Variável Vinculado ao Adolescente de R$ 48 para R$ 57 e o pagamento de R$ 57 dos demais pagamentos variáveis associado ao programa. 

Mesmo com as mudanças, o pagamento médio mensal fica abaixo dos R$ 400 prometidos pelo Governo Federal e amplamente defendido por Bolsonaro. Além disso, estimativas da própria base aliada destacam que cerca de 5,4 milhões de atendidos pelo Bolsa Família podem ter renda mensal reduzida com a migração para o Auxílio Brasil.


OPOVO