Calçadão dos feirantes de Santa Quitéria vira 'sanitário ao ar livre' e incomoda trabalhadores

Calçadão dos feirantes de Santa Quitéria vira 'sanitário ao ar livre' e incomoda trabalhadores


Feirantes que trabalham no calçadão no centro de Santa Quitéria procuraram A Voz de Santa Quitéria para reclamar de uma situação incômoda que vem ocorrendo nos últimos dias. Ao chegarem cedo para abrirem suas bancas, os trabalhadores se deparam com bastante sujeira, uma espécie de "sanitário ao ar livre".

Indivíduos que se embriagam por ali próximo urinam e até deixam fezes ao lado das bancas, ficando com um odor insuportável e que tem afastado seus clientes. Diante disso, os feirantes pedem água emprestada de comércios para poderem lavar e tentar trabalhar de maneira mais digna. 

Há anos, os mesmos já se sentem desprezados pelo Poder Público, que não dá a atenção devida e os jogou no calçadão desde a malfeita reforma do Galpão dos Feirantes, sem planejar um espaço para eles e agora, sendo submetidos a esta situação constrangedora. A categoria espera que providências possam ser tomadas com urgência.