Cidade cearense perde mais de 100 doses por causa da recusa da população em receber vacina contra Covid


O município de Potengi, localizado na região do Cariri, registrou uma perda de 102 doses da vacina da Pfizer. De acordo com a titular da Secretaria de Saúde da cidade, Luiza Wiliane, o principal motivo para a perda foi a evasão, já que parte da população se recusa a tomar o imunizante.

“Estamos tendo muita dificuldade em ministrar a segunda dose”, disse a secretária em entrevista à Rádio CBN Cariri. Os órgãos de saúde do local estão realizando uma busca ativa para rastrear as pessoas que ainda não foram vacinadas, visitando suas casas e solicitando o comparecimento para tomar a dose.

Na última quarta-feira, 10, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) comunicou que está acompanhando o possível desperdício de vacinas contra a Covid-19 no Estado. A Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa) divulgou que, até o dia 8 de novembro, 16 municípios oficializaram perdas de imunizantes. Dentre os motivos para as perdas, erros no estoque, acondicionamento inadequado e não utilização no prazo são os principais.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem