Homem é mordido por cavalo e quase é picado por cobra venenosa instantes depois

Homem é mordido por cavalo e quase é picado por cobra venenosa instantes depois

 

Heitor Luiz estava sozinho na fazenda da família localizada em Inocência, em Mato Grosso do Sul, quando decidiu ir ao curral na lida com o gado e, em poucos minutos, foi mordido por um cavalo na região da costela e quase foi picado por uma cobra jararaca. O caso ocorreu na última quarta-feira, 27. O produtor rural disse que por pouco não aconteceu algo mais grave.

Familiarizado com o cavalo Simba, Heitor tentou acalmá-lo quando percebeu que o animal estava muito agitado, mas acabou recebendo uma mordida na costela ao mexer na cela do equino. Apesar da "dor absurda" que sentiu no momento, o homem acredita que o animal não teve a intenção de machucá-lo.

"Mais pareceu um beliscão por parte dele, porque, se quisesse machucar, teria machucado muito mais. Depois fui contar para o meu pai, que já levou duas mordidas e ele falou que ia ficar doendo por muito mais tempo e que, pelo menos, eu teria história para contar", disse Heitor em entrevista ao portal G1 Mato Grosso do Sul.

Mas a história que o produtor rural tem para contar teve um novo incremento. Acontece que logo após ter recebido a mordida de Simba, o homem pulou de uma plataforma elevada do curral e, na aterrissagem, pisou sem intenção na cabeça de uma jararaca, escapando de uma picada.

"Foi só um tempo depois que a encontrei (a cobra), com o pisão que eu dei e aí ela já estava morta. Foi azar dela e sorte minha. Não queria ter matado o animal, mas, se tivesse sido em qualquer outra parte ela teria me ofendido, me picado, como a minha avó dizia. E aí seria bem complicado, principalmente porque estava sozinho naquele instante", afirmou o homem.

O acontecimento foi publicado nas redes sociais por Heitor e os comentários diziam que a mordida do cavalo era, na verdade, uma forma de o animal alertar o homem da existência de uma cobra venenosa no local. "Eu não acredito no acaso. Acho que, de certa maneira, foi sim um livramento e mais que isso, foi um aviso, principalmente porque a gente acaba fazendo tudo no automático", completou.

O povo