Mãe de Marília Mendonça: filho da cantora ainda não sabe do acidente

Mãe de Marília Mendonça: filho da cantora ainda não sabe do acidente

 

O filho da cantora Marília Mendonça, Léo, ainda não sabe do acidente que tirou a vida da mãe, no último dia 5 de novembro. A informação foi dada pela mãe da cantora, Ruth Moreira, em entrevista ao programa Fantástico, da Rede Globo, veiculada nesse domingo, 14.

Segundo Ruth, o objetivo é informar o garoto aos poucos. Léo tem um ano e 11 meses, ainda não entende exatamente o que aconteceu. Ela diz à criança que a cantora "está trabalhando". A família pretende dar a ele uma dimensão de quem foi Marília: "a mãe dele foi uma rainha no Brasil".

Parte do esforço foi em não transparecer a tristeza com Léo. Apesar da dor, ela tem seguido o conselho que a filha sempre dava: Marília costumava dizer: "Mãe, você é mais forte que eu", contou Ruth.

Na véspera do acidente, Ruth havia completado 53 anos. Marília Mendonça estava com a mãe no aniversário e compartilhou homenagem em suas redes sociais.

Ela disse, também, que ainda não teve tempo de viver o luto. Após o acidente, Ruth tem sido o consolo da família. Além de Marília, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho, também estava no voo.

Além disso, a semana foi de reuniões para decidir questões burocráticas, como a guarda do neto. O pai do garoto, o cantor sertanejo Murilo Huff, terá a guarda compartilhada com Ruth. Léo continuará morando com a avó.

Relembre o acidente de Marília Mendonça

Marília Mendonça morreu em uma queda de avião na cidade de Caratinga (MG), em 5 de novembro. A cantora faria um show na cidade naquela noite, e o acidente ocorreu durante o pouso.

A aeronave se chocou com um fio de alta tensão em uma torre de energia da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). A empresa tem uma linha de distribuição próxima à pista em que o avião iria pousar.

Com o choque, o piloto perdeu o controle da aeronave, que caiu em uma cachoeira a cerca de dois quilômetros do aeródromo de destino. Todos os ocupantes do avião morreram.

Além de Marília Mendonça, o tio e assessor da cantora, Abicieli Silveira Dias Filho e o produtor dela, Henrique Ribeiro, estavam a bordo. Na tripulação havia piloto e copiloto.

Marília Mendonça: luto e homenagens após acidente

Artistas, famosos e políticos prestaram solidariedade à família e homenagearam a cantora após o acidente. Marília estava concorrendo ao Prêmio Multishow na categoria "Cantora do Ano". O evento cancelou as votações e declarou-a vencedora.

A Rede Globo, que está veiculando anúncios da telenovela "Quanto Mais Vida, Melhor!", que estreia em 22 de novembro, mudou as propagandas do folhetim. A obra tem no roteiro uma queda de avião, que foi removido das peças publicitárias transmitidas pelo canal. O acidente, porém, será exibido na novela, por ser parte fundamental da trama.

Na área de esportes, diversos jogadores e times de futebol manifestaram o luto pela morte da cantora. Na partida entre Fortaleza e São Paulo, ocorrida no dia 10 no Castelão, clipes e músicas de Marília Mendonça foram tocados no telão do estádio.

Entre os colegas de profissão, a dupla Zezé di Camargo e Luciano, que havia gravado uma música inédita com Marília Mendonça, decidiu não comercializar a obra. O vídeo, que inclui a canção, making of da gravação e depoimentos, faria parte do especial "Você Não é Assim", celebrando 30 anos de carreira dos irmãos. Zezé di Camargo informou que, por respeito, entregará o material à família da cantora.

Já a dupla Maiara e Maraisa, que faziam parte do projeto "Patroas" com Marília Mendonça, seguirão com a turnê programada para 2022. Com três álbuns juntas, elas têm shows marcados para Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. As irmãs, que eram amigas íntimas da cantora, justificaram a decisão de manter a turnê com um trecho da Bíblia: "Deus animou a Elias dizendo: Você não está só, a obra precisa continuar, levante-se coma e continue a sua obra".

O quadrinista Maurício de Sousa também homenageou Marília Mendonça. Ele publicou um desenho de um de seus personagens, Chico Bento, ao lado da cantora.

Após o acidente, as buscas por músicas da cantora dispararam na plataforma de streaming Spotify. Marília Mendonça, que foi a artista brasileira de maior popularidade no serviço entre 2019 e 2020, ultrapassou a britânica Adele e se tornou a mais ouvida do mundo. Em 6 de novembro, 74 das 200 músicas mais tocadas pelo aplicativo eram de Marília ou tinham a participação da cantora. No top 50, 17 eram dela.

Marília Mendonça: trajetória e carreira

Aos 26 anos, Marília Mendonça havia começado a carreira nos palcos há pouco tempo. Apesar de se apresentar na igreja desde a infância, ela se tornou cantora profissional apenas em 2014.

Ela já compunha, porém, desde os 12 anos, e aos 14 teve seu primeiro sucesso, "Minha Herança", interpretado por João Neto e Frederico. Em 2010, no escritório deles, a ainda adolescente, Marília apresentou algumas músicas que havia escrito. As letras conquistaram os cantores e o empresário, que decidiram gravar algumas delas. Ao longo dos anos seguintes, antes de estrear como cantora, ela se tornaria uma das maiores compositoras do sertanejo.

O povo