Novo lote do vale-gás será entregue no 15 de dezembro no Ceará

Novo lote do vale-gás será entregue no 15 de dezembro no Ceará


A distribuição do vale-gás no Ceará, programa emergencial criado durante a pandemia que foi transformado em política pública do Estado, será retomado no próximo mês. Em pronunciamento nas redes sociais no início da tarde desta terça-feira, 16 de novembro, o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), se comprometeu em realizar o primeiro pagamento do vale-gás enquanto programa social do Estado para todos os beneficiários ainda em 2021.

Ao ser questionado por uma seguidora, o governador ligou para o o titular da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), José Pontes Ibiapina, para perguntar sobre a previsão de pagamento do vale-gás. Programa garante o repasse do vale-gás três vezes por ano para as famílias beneficiadas.

Conforme Ibiapina, o processo de licitação do programa finalizará amanhã, 17 de novembro, e então a empresa vencedora terá até o dia 11 de dezembro para repassar os vouchers ao governo estadual. "Temos um calendário de que entre o dia 15 e 16 de dezembro iremos começar a distribuição dos vales para população", destaca o titular da SPS.

Quem tem direito ao vale-gás do Ceará?
  • Beneficiárias do Cartão Mais Infância
  • Famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e que recebiam Bolsa Família
  • Núcleos familiares com renda per capita igual ou inferior a R$ 89,34
  • Jovens inseridos no programa Superação

Como fazer para receber o vale-gás no Ceará?
A distribuição será realizada pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS). Assim, o Estado repassará uma determinada quantidade de tickets que podem ser trocados por recargas no botijão de gás de cozinha para cada municípios. Tal processo leva em consideração o número de beneficiários presentes em cada cidade. 

Os vouchers são nominais, ou seja, cada beneficiário receberá um vouchers com seu nome como identificação. O repasse para a população ficará sob responsabilidade da gestão de cada município que deverá montar um calendário de entrega com pontos de retirada do vale-gás por cada família beneficiada. 

Assim, não há possibilidade de um cadastro para receber o vale-gás, já que seus beneficiários são escolhidos com base nos dados do CadÚnico e a distribuição do benefício é nominal.

O POVO