Pacientes do Ceará podem acompanhar em tempo real posição na fila de espera de cirurgias

Pacientes do Ceará podem acompanhar em tempo real posição na fila de espera de cirurgias


A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio da ferramenta Plantão Cirurgias 24h, permite aos pacientes que aguardam cirurgia pela Central de Regulação do Estado o acesso à lista de espera para a realização de procedimentos eletivos. O sistema, disponível na plataforma Saúde Digital e no Ceará APP, fornece além da posição do paciente na fila, informações sobre exames e consultas pendentes relacionadas ao procedimento.

Para acompanhar a sua posição na lista de espera é necessário fazer um cadastro prévio no sistema. 

Confira o passo a passo

  • Você deverá acessar a plataforma Saúde Digital e clicar em ainda não tenho tenho cadastro.
  • Preencha os dados solicitados (Nome completo, CPF, Data de Nascimento, Nome da Mãe, Telefone, Telefone de Familiar, Estado, Município, Endereço completo com Cep, E-mail e Senha) e clique em cadastrar.
  • Finalizado o cadastro, você poderá acessar o sistema através do e-mail e senha informados.

Esse registro no sistema não vai alterar a posição do paciente na fila. O sistema é uma forma de confirmar que o paciente ainda aguarda a intervenção e para que o cidadão tenha transparência e possa acompanhar sua posição na fila. Essa transparência sobre o andamento da fila ajuda, por exemplo, os pacientes do Interior do Estado a se planejarem com antecedência, caso precisem viajar para a realização do procedimento.

Os dados como número de telefone e e-mail devem estar atualizados para que o paciente seja localizado e, quando contatado, receba as explicações necessárias antes da cirurgia. No caso do nome do paciente não ser localizado no Plantão Cirurgias 24h, significa que o usuário não está na fila de procedimentos eletivos, mas que se encontra na lista de consultas ambulatoriais ou não é candidato a uma cirurgia eletiva.

Também pode acontecer de o município de origem não incluir o paciente na fila de espera ambulatorial para avaliação cirúrgica. Nesses casos, o cidadão deverá buscar a comprovação da solicitação na fila estadual ambulatorial do sistema de regulação. Em alguns casos, a posição em que o paciente se encontra pode aumentar. Isto ocorre em duas situações: quando um paciente mais grave é avaliado clinicamente como prioritário e avança na frente dos demais ou quando um paciente tem determinação judicial para ultrapassar a fila.

As cirurgias eletivas haviam sido suspensas durante a pandemia de Covid-19, já que os hospitais precisaram concentrar os esforços e as vagas no tratamento contra o coronavírus. Mas com o avanço da vacinação e diminuição de casos, o Governo do Ceará lançou no mês de outubro o programa Plantão Cirurgias 24h para tentar zerar a fila de espera por cirurgias eletivas no Estado.

Com investimento de R$ 100 milhões, o programa funcionará em duas frentes coordenadas, uma com a realização de 20 mil cirurgias nos hospitais da rede da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), e outra com contratação de entidades privadas ou filantrópicas para a realização de 10 mil procedimentos. As cirurgias incluem várias especialidades:  Ortopedia, Urologia, Ginecologia, Cirurgia geral, Oftalmologia, Neurologia, Vascular.