Porteiro é agredido após pedir para homem colocar máscara de proteção contra a Covid-19

Porteiro é agredido após pedir para homem colocar máscara de proteção contra a Covid-19


Um porteiro de um prédio no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, foi agredido após pedir que um homem que visitava o condomínio colocasse a máscara de proteção contra a Covid-19. O caso aconteceu na sexta-feira (12). Uma parte da confusão foi registrada em um vídeo de dez segundos feito por uma moradora.

As imagens mostram o homem fingindo que vai pegar algo na bermuda e dando socos e chutes no porteiro, que tenta se defender. "O cara está batendo nele porque ele pediu para colocar a máscara. Absurdo", diz a mulher que gravou o vídeo.

De acordo com o porteiro, que tem 39 anos e preferiu não ser identificado, o homem chegou de moto no prédio por volta das 21h40. Como mandam as regras do condomínio, o trabalhador disse que pediu que ele colocasse a máscara para entrar no local, mas ele se recusou.

O porteiro insistiu. "Tivemos uma breve discussão e ele desceu na moto e veio na minha direção, me agrediu. Ele disse que era policial civil e chegou a fazer menção de que iria pegar alguma coisa, pensei que iria puxar uma arma", lembrou.

O porteiro contou que registrou um Boletim de Ocorrência no site da Secretaria de Defesa Social (SDS) e que esteve nesta terça (16) na Delegacia do Cordeiro, que deverá investigar o caso. "A polícia precisa do nome e do endereço dele para seguir com as investigações. Estamos esperando essas informações [da moradora que receberia o agressor]", disse.

A exigência da máscara de proteção contra a Covid-19 é uma regra tanto do condomínio quanto do governo de Pernambuco para o controle da pandemia da Covid-19. "É uma regra, só entra com a utilização da máscara, mesmo se estiver de capacete", lembrou o trabalhador. O visitante foi embora após a confusão.

Assustado, o homem, que trabalha no condomínio há 18 anos, contou que também foi ameaçado pelo agressor. "Ele falou com um supervisor e com um morador e disse que não ficaria assim, que iria me pegar. A pessoa trabalhando, fazendo tudo certo e vem um tipo de coisa dessas", lamentou.

Portal G1