PSDB adia processo das prévias após falha em aplicativo de votação

PSDB adia processo das prévias após falha em aplicativo de votação


O PSDB anunciou na noite deste domingo (21/11) que encerrou a votação em urna eletrônica e adiou o processo por meio do aplicativo – nas prévias que vão definir o candidato do partido à Presidência da República – após a plataforma apresentar falhas durante todo o dia. O partido informou também que uma nova data será definida para a reabertura do processo de votação para os filiados que não puderam registrar o voto neste domingo.

“Os votos recebidos tanto pelo aplicativo quanto por meio das urnas eletrônicas ao longo deste domingo serão totalizados ao final do processo de votação. A integridade e a segurança do sistema estão totalmente preservadas”, garantiu o partido por meio de nota publicada em conta oficial no Twitter.

Todos os votos registrados desde a abertura da votação serão computados, segundo a sigla. Instabilidade no sistema de votação das prévias do PSDB impediu a escolha do candidato tucano à Presidência da República em 2022, segundo filiados à legenda.

A reclamação não é de lentidão no aplicativo, mas de impossibilidade de votar. Em nota, o presidente do diretório de São Paulo, Marco Vinholi, diz que, até 12h30, a ferramenta ficou mais de quatro horas instável.

Em grupos do PSDB, filiados dizem que estão tentando votar desde cedo e não conseguem. “Toda hora trava, chego até o momento de escolher o candidato e na hora de mandar a foto para validar o voto, simplesmente trava e volta do início”, diz um dos comentários.

Em nota, a Fundação de Apoio à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), desenvolvedora do aplicativo que apresentou problemas, informou que investiga as causas da instabilidade e assegurou que os votos registrados não serão perdidos e a segurança do sistema não foi afetada.

Metrópoles