“Sai daqui, seu nojento”, disse lojista a homem que tentou estuprá-la

“Sai daqui, seu nojento”, disse lojista a homem que tentou estuprá-la

 

Vítima de uma tentativa de estupro dentro da própria loja, no município de Santa Rita do Sapucaí, Minas Gerais, na última quinta-feira (11/11), Fernanda Aparecida Silva, de 27 anos, relatou, na 6ª Delegacia de Polícia Militar da região, que reagiu com um murro no peito do agressor e um grito: “Sai daqui, seu nojento, vou gritar”. O criminoso já foi identificado, mas segue foragido.

“Eu estava encurralada na cabine, me debatendo porque ele é muito grande. Ele tentava tirar a minha calça, mas não conseguia, porque estava bem apertada. Uma hora, ele arrebentou o botão e colocou a mão por dentro da minha calcinha. Eu não conseguia falar, a voz não saía. Não sei de onde tirei forças para dar um murro no peito dele. No mesmo momento, eu finalmente recobrei a voz e falei: ‘Sai daqui, seu nojento, vou gritar”, contou Fernanda.

Em entrevista ao jornal O Globo, a jovem contou que, depois da tentativa de estupro, o agressor a chamou de louca e saiu do local caminhando normalmente.

Fernanda descreveu-o como sendo um homem branco, gordo e alto, com cerca de 1,80 m e 100 kg. Ele usava óculos grossos, tipo fundo de garrafa, camiseta rosa, bermuda vinho e máscara preta. A polícia segue em busca do criminoso.

Metrópoles