Saiba como consultar se você é um beneficiário do Auxílio Brasil

Saiba como consultar se você é um beneficiário do Auxílio Brasil

 

A Caixa Econômica Federal começa a pagar o Auxílio Brasil em 17 de novembro. O programa do governo federal, que visa recuperar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), tem como público-alvo famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

A verba do novo programa social é gerida pelo Ministério da Cidadania. A Caixa é responsável por realizar o pagamento. Os beneficiários do Bolsa Família migrarão automaticamente para o Auxílio Brasil, sem necessidade de cadastramento.

Haverá uma ordem de pagamento com diferentes canais disponíveis para o beneficiário consultar sua vez.

Será lançado um aplicativo chamado Auxílio Brasil, que substituirá o app Bolsa Família. Dentro dele, o beneficiário poderá consultar o saldo e a data de pagamento. Haverá ainda um canal via telefone: o Atendimento Caixa ao Cidadão, no número 111.

Os canais para saque do benefício e consulta de informações seguem os mesmos. Podem ser usados os terminais de autoatendimento, unidades lotéricas, correspondentes Caixa Aqui, além das agências da Caixa.

Começo

O pagamento começa em 17 de novembro. Receberão primeiro as pessoas que tenham o Número de Identificação Social(NIS) com final 1.

As datas de pagamento seguirão um calendário. Veja:



Substituição

Depois de 18 anos, o Bolsa Família chegou ao fim. O programa foi revogado pela Medida Provisória nº1.061, publicada no dia 10 de agosto deste ano. A MP, a mesma que cria o Auxílio Brasil, determinou que, 90 dias depois, seria anulada a lei de 2004 que estabeleceu a criação do benefício no governo Lula (PT).

O valor médio do programa será reajustado em 17,84% em novembro, com orçamento do próprio ministério. A cifra é um pouco menor do que a estimada pelo ministro da Cidadania, João Roma. Ele havia dito anteriormente que a correção geral seria de 20% sobre os benefícios.

Neste mês de novembro, o valor não deve chegar aos R$ 400 prometidos pelo governo. A estimativa é que o pagamento atinja esse patamar em dezembro.

Metrópoles